As Passagens para Peixes Naturalizadas mimetizam as condições naturais de um curso de água, e são construídas no próprio leito ou na margem; têm a vantagem de permitir migrações descendentes sem risco de lesão para os peixes e de serem adequadas a uma maior diversidade de espécies. São utilizadas em obstáculos de menor dimensão e nelas incluem-se:

- as Rampas, habitualmente construídas com material natural do leito, e que permitem suavizar o declive do obstáculo.

- os Canais Naturalizados, que mimetizam um curso de água natural, através da criação de um canal lateral ao obstáculo. Existindo espaço suficiente na margem, os Canais Naturalizados são adequados a todo o tipo de barreiras.

Os trabalhos da ação B1 do LIFE Águeda têm por objetivo construir dispositivos de transposição piscícola em obstáculos já identificados na bacia hidrográfica do rio Águeda com usos associados que impedem a sua remoção, de forma a promover a reabilitação da continuidade longitudinal da área intervencionada. Está, assim, contemplada, a instalação de passagens-piloto naturalizadas e multiespecíficas. A estas passagens corresponderão configurações únicas que atendem às características do obstáculo a transpor, às condições hidromorfológicas do curso de água e aos requisitos ecológicos das espécies-alvo.